quarta-feira, 23 de Julho de 2008

A Diferença entre Perder Peso e Emagrecer

Pense e avalie a gestão do seu peso como uma questão de mais ou menos gordura corporal e não apenas de peso na balança.

Sabia que uma perda de peso baseada numa dieta desequilibrada e sem a presença de exercício físico pode levar a uma diminuição de massa muscular?

Sempre que nos pesamos, obtemos um valor (em kg) que expressa a soma da massa gorda com a massa isenta de gordura (músculos, ósseos e órgãos). No entanto, o valor na balança não reflecte a nossa composição corporal. Por outras palavras, não sabemos qual o peso específico das principais componentes variáveis do nosso peso corporal – a massa gorda e a massa muscular.

Este facto pode equivocar quem avalia um programa de emagrecimento unicamente com base no resultado da balança. Na realidade, uma perda de 5kg pode ser pouco interessante para a saúde quando baseada numa dieta desequilibrada, sem acompanhamento nutricional e sem o recurso à actividade física. Esta alternativa resulta frequentemente numa redução ponderal especialmente à custa de muita massa muscular, não sendo por isso um processo de emagrecimento – definido como uma perda de peso à custa de gordura.

Alguns Conselhos:

  • Evite dietas que prometem perdas de peso demasiado rápidas. Perder cerca de 0,5 kg por semana é uma meta atingível e recomendável para a maioria das pessoas. Se respeitadas as principais recomendações e se, numa fase inicial, a perda de peso for ligeiramente mais rápida (até 1kg por semana) encare este acontecimento como normal.
  • A actividade física moderada e vigorosa são as formas mais interessantes de mobilizar o tecido adiposo. Não as desperdice!
  • Realize treino de força muscular 1 a 3 vezes por semana. Contribuirá para a preservação da massa muscular, fundamental para a aptidão funcional e saúde óssea.
  • Utilize a circunferência da cintura, a medida da roupa ou os furos do cinto como métodos complementares à balança na avaliação do processo de emagrecimento.
  • Verifique a sua circunferência da cintura com alguma regularidade. Se verificar que após algumas semanas o valor se encontra inferior ao inicial - e até a roupa se encontra mais folgada - apesar de mantido o mesmo resultado na balança, provavelmente terá perdido alguma massa gorda e terá aumentado a massa magra. Continue a exercitar-se. Está no bom caminho!

Veja o vídeo


Artigo publicado em Rituais de Vida Saudável

Sem comentários: